22.2.09

E o sol brilha sem literatura...

haja deus e os infernos! abençoado sol de carnaval que fez a primavera chegar antes do fim do inverno... como temos good weather no contexto da península não é de estranhar que a neve e ascamadas de geada sobre as cerjas e asoliveiras vá embora. que bonitas são as cerejas! vermelhas carnudas estumefacetadas! até o pézinho se rói mastiga e palita. porque não dizê-lo? quantos dentes não assistem , espectantes à espera da sua trinca fatal, qual drácula sedento de fama e de sumo natural que jóia ensaia pela primeira vez da santíssima trindade...E tu quando me dás um beijo? porque não mordes a glória do pecado e te deixas escorregar envolto em névoas Avalonescas nos campos dos druídas das ilhas misteriosas silenciosamente observados pelo obélix à medida do memorex.

que bom os óculos e o chapéu e que estranho poder tem esta literatura

e como é sencillo e maçada estudar, no jardim da prelada, ao forte da foz às 10 menos 12, queria dizer às 12 menos 10 tchau menino

link do postPor memorexquer, às 15:32  comentar

21.2.09

Hoje tenho um telemóvel novo...p'ro mike vão as minhas felicitações e desejos de óptimo carnaval, bem como pensar que vai fazer mudança e que eu tenho aqui o micro que desejaria experimentar, não é bem o recomendado- porque tem duas fichas e o micro está ao pé da boca, e tem que se segurar na mão. comprei na loja dos chineses deixa ver se resolve a questão da falta de microphone no pc para além de estar indicado para mp3. ou então é treta, não passa tudo de uma real cabala para me escafoferem. não ligas aqui o rato, senão eu atiro o pc janela fora p'ra náo te dar um enxuto de porrada que te ponha daqui para fora para sempre  . sempre, sempre sempre...

Se calhar isto até é uma coisa funcional. é parecido com os franceses.  vou pegar na banda desenhada e vou desforrar-me a apanhar a música da língua. áte amanhã santinha... a propósito do título, faz anos que estive contigo mike...

 

link do postPor memorexquer, às 17:22  ver comentários (1) comentar

30.1.09

Eu, que nunca fui virgem, passo por humilhações à conta de um certo respirar de alívio que os meus nucleares sentiram, quando tudo não passou de um diz que era, mas afinal não foi. Que bom, viver à conta dos outros, que bom, se puder ser autónoma, se me escapar da prisão e não calar a minha boca, se fizer peixeirada e abrir o meu calão. Sim porque eu tenho a escola toda, e nem vip sou. Não sei o que me falta mais não fazer, para bater naqueles que têm o IRS em dia, que respeitam religiosamente a bicha do autocarro, e que em suma, são umas bestas.

Isso não calo, quaisquer que sejam as consequências: porrada, polícia, tribunal, médico, hospital. Bestas, são bestas; e eu não sou educada. Quando cumprir a minha pena, vou-me embora, pode ser que tenha aprendido alguma coisa com os prazos e a Maria Jo.

O que é certo é que tenho que ser eu a construir o meu CV, a acreditar naqueles que me ajudaram, nesta pós-desempregada, naqueles em que eu ajudo e que me ajudam.

Enfim, vamos acreditar, que um dia me vou livrar do psiquiatra, que vou salvaguardar o que é meu e muito meu, e que vou conversar com as minhas colegas, e que elas vão aceitar que eu chore (que é o meu desabafo), e que eu aceite a minha esterelidade, em troca de uma infelicidade, diagnosticada para toda a vida. Estou a tentar preparar-me para isso.

E depois, para descontrair, à sempre um imenso Portugal, por esse mundo fora, que aceita casar comigo, ao meio dia, na Conservatória do Registo Civil, e que não me quer forçar a destruir ondas, e que aceita a minha cota parte de professora a educar aquilo que é meu.

É custoso, mas nesta altura da minha vida, e depois de viver o que vivi, e da cobertura que dei ao mundo, ao longo de 26 anos, já só me interessa ir por partes até aos 65 anos, porque

eu vou voltar Pedro, portanto não faça o mesmo que os outros.

 

link do postPor memorexquer, às 23:23  ver comentários (3) comentar

29.1.09

Amanhã vou a Lisboa aproveitar a promoção do espanhol! Vai ser aborrecido começar com uma língua que já se conhece, mas vou levar a sério; uma coisa é a conversa corrente, que aparece tudo corrente, tudo pegado, outra coisa é o sistema pausado de pergunta/resposta. Mas tenho que passar por isso, e vou ver se tenho o televisor sincronizado na TVE, p'ra ver se provoco a imersão na língua e consigo ir pelo sotaque...

Boa noite!...

link do postPor memorexquer, às 22:01  ver comentários (2) comentar

28.1.09

É rapidinho! A Maria Jo, pregou-me uma machada, no sentido de cumprir os prazos - opinião minha - e afinal ficou em apuros porque foi vítima de pirataria e eu não fiquei em apuros, mas vou ter que realizar algumas contas grandes, por forma a garantir algumas promoções, para além de consultar um médico ginecologista. Preciso tratar o meu útero, com carinho, porque ele é fonte de prazer e mistério. Espero que o sistema não me boicote os serviços deste médico, e perceba que tenho que fazer uma pausa e leve em consideração, o cuidado do anti-concepcional que é demasiado grande para o meu útero. Ainda não experimentei, mas sou capaz de sangrar... Depois de vir da Tunísia, logo converso com o ginecologista, sobre os quistos de retenção, que a médica da ecografia aconselhou retirar, por degenerar em complicações e por serem incompatíveis com o DIU.

Senão vou ter filhos, pelo menos, que vasculhe neste útero estéril, alguma fonte de prazer,

nesta fricção que me leva ao céu...

Peço isto, ao abrigo dos direitos humanos, e da minha disponibilidade económica.

 

link do postPor memorexquer, às 23:12  ver comentários (1) comentar

25.1.09

Pois é; eu  direitinha p’ra prisão, se vejo o Mota Amaral à minha frente, porque eu antes prefiro ir presa do que pedir desculpas àquele PIDE.

 

Segundo ponto: estou desejando ir p’rá prisão, do que ir para um Hospital Psiquiátrico.

P´lo menos convivo com pessoas que tem culpas concretas e não causas sexo-Freudianas , as quais estão devidamente diagnosticadas p’los psiquiatras, como alucinações, auditivas e visuais, pensamentos delirantes, falta de atitudes e comportamentos não reais, ou falta de lógica e coerência no discurso.

 

Terceiro ponto: estou desejando livrar-me do psiquiatra. Estou certa de que os meus tremores (efeitos secundários dos medicamentos), serão eliminados com o tempo. Tenho muita fé nisso! Que mais não seja, há neurologistas que operam essas coisas.

 

Quarto ponto: se a prisão e os psiquiatras persistirem, estou ansiosa por me divorciar, e voltar a casar outra vez, seja o divorciante o Papa, o Santana ou o Dinamarquês (o Papa já engloba muita gente anónima).

 

Quinto ponto: a prisão é uma bênção. Pelo menos liberta-me p’ro futuro que eu desejar

 

Sexto ponto: estou ansiosa por negociar com a KLM. Não sei p’ra onde vou: se é Amesterdão ou Cuba. O que sei é que vou. E p’lo menos com a ajuda do tempo, tenho anulada uma quantidade de homens iletrados que, só querem gozar à minha custa e com autorização do sistema.

 

Sétimo ponto: eu sou eu e faço o que quero, e luto, até ensanguentar, contra 25 anos de ocupação.

 

Até à  próxima e que Deus me ajude…

 

link do postPor memorexquer, às 21:44  ver comentários (3) comentar

18.1.09

Parece-me uma imagem completa de efeito Freudiano, uma imagem introvertida de Cristo com a Samaritana. Eu desejaria que fosse, mas não é. Porque há o menino que pode ser filho de quem quer que seja, inclusivé filho do filho.

Mas  seria tão bom se ultrapassasse o espírito da sua autora, e nos desse uma imagem real do Cristo com o seu filho e filho por exemplo  da sua amada Maria Madalena.

Esta é a tese do «código Da Vinci», de que Cristo deixou descendentes, e de que a mulher da sua vida seria a Maria Madalena.

Eu por mim preferia que fosse a Samaritana. Faz-me lembrar, a Lianor descalça vai para a fonte, de Camões.

Estas são versões retaliadas pela igreja.

Também há a Verónica, presente na paixão de Cristo, que quanto a mim, representa as mulheres anónimas que seguiam Cristo, que o queriam ou desejavam fornicar.

Seria Nossa Senhora a a libido de Cristo, deixando o São José para seguir o seu filho Homem, passando à História como virgem, do seu filho, com o qual desejaria praticar incesto, (a igreja mata-me)?

Também há a mulher adúltera, tão sancionada pelo mundo muçulmano, quero dizer palestiniano e judaico.

Está fora de moda, porque agora há o divórcio e, em termos de prática sexual, gosta-se de trocar de parceiro, e inverter-se oral e analmente.

Afinal, quem é o menino que se perdeu, de quem é filho? É a incógnita que a autora deixa com certeza à nossa consideração!...

link do postPor memorexquer, às 16:10  ver comentários (2) comentar

17.1.09

Sentia-se destruída, marreca, possessa, com vontade de dar um pontapé na cadeira, por ter sido delicadamente convidada, ou examinada, pelo Farmacêutico a falar de coisas, em que ambos estamos profissionalmente envolvidos: os medicamentos, a sua composição química e biológica. Terreno arenoso, mas lá fui abrindo a comunicação procurando partilhar ou dar uma ideia do meu pequenino conhecimento...

Não quis prosseguir o diálogo, nem de Assunto Específico de Farmácia. Deu-me uma branca e comecei a chorar. É que não me lembrava que havia um Específico Farmácia - apenas o terror do quimíco-biológico estava presente no meu cérebro.

Foi pouco profícua a minha tarde na biblioteca. Dirigi-me de novo à Farmácia.

- O Farmacêutico não está. Agora só segunda-feira, da parte da tarde!

Eu se calhar sou uma pessoa carente. E bloqueio muito. Não me sinto à vontade com o espaço cerebral que me cabe, nem consigo discorrer como as cerejas que se desenrrolam com a conversa. O que aprendi com os meus vintes,trintas e quarentas foi a estar calada. Marca indelével que adquiri e p'la qual fui marcada p'lo macho que domina a minha família, na posição de companheiro da minha irmã mais velha. O que vale é que eu não lhe falo, e recuso determinantemente reuniões de Família.

Recuperei o meu nome, recuperei a minha solitária vida. Pena é que a minha irmã mais velha venha p'ra mim com costumes daquele abutre. Se algum dia eu conseguir quebrar aquela cadeia, é p'ra nunca mais, que já lá vão vinte anos neste penadouro.

link do postPor memorexquer, às 19:13  ver comentários (1) comentar

16.1.09

Que pena... que pena...que pena, não ter evoluído, ou ter evoluído de maneira precocemente adulta, e que se reflectiu na ortografia indecifrável. Mas por outro lado ainda bem que não passei pelas aulas de ortografia, da escola técnica, p'la qual as minhas irmãs passaram.

Em troca tive desavenças com o Prof. de Psicologia infantil, por causa da minha letra. Abençoado Prof que, por acaso, tinha razão. Mas lá desenhar letras é que nunca aprendi...

Preço: não posso fazer exames, em folhas de ponto, para coisa nenhuma!... Fico incomunicável para coisa nenhuma. O que ainda me vai safando é o computador. Mas como tudo na vida, não é completo, às vezes prega-me a partida, faz de mim naba e desaparece. Ainda se é o meu, crio um novo post e ele pergunta-me se quero apagar o anterior. Agora se é um comentário ao teu, desaparece e não consigo recuperar.

Vamos ver como é que ele se vai comportar, quando começar a estudar espanhol, com DVD no portátil. Se não é assim diz-me como é por favor!... Do sistema não arranco nada (ordinários!!!!)

Abraço com bjos

link do postPor memorexquer, às 23:18  ver comentários (2) comentar

14.1.09

De facto o Sócrates mete-me nojo!!! Já percebeu muito bem donde lhe veio a maioria absoluta, e agora gaba-se dela só p'ra fazer ferro aos PSDs. O que é pena é que a origem é a mesma para todos; e ter carro com motorista já não é omesmo, mas é o mesmo sonho para todos; eles enchem a barriga, enquanto eu luto contra a obesidade; eles abatem os poucos privilégios que tenho como a tentativa de um segundo emprego, ou com o IRS; eles enchem a barriga ao capital ( dinheiro, políticos, patrões dos criados,) mas não dão uma mão a quem mais precisa, que por acaso, que é verdade, não é um grupo, mas sou objectivamente eu que objectivamente tanto lhes tenho dado, por via parabólica, a abranger  bilhões de triliões de centenas de pessoas, que por essa via privam comigo.

O que tenho em troca? Nada... zero,zero,zero.

E acabei por hoje, que quem sai enjoada sou eu.

link do postPor memorexquer, às 18:26  ver comentários (2) comentar


 
mais sobre mim
Fevereiro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20

23
24
25
26
27
28


arquivos
2009

2008

VISITANTES
subscrever feeds
blogs SAPO